X

Comunicado • COVID-19

Sua segurança é fundamental

Acompanhando a evolução das medidas preventivas necessárias para combatermos o alastramento do COVID-19, também em linha com as recomendações das autoridades sanitárias, da ANS (Agência Nacional de Saúde), da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das sociedades médicas, em especial da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) e da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE), e da SBRH (Sociedade Brasileira de Reprodução Humana), vislumbramos o seguinte cenário:

1) No momento não existem evidências dos riscos do COVID-19 para as grávidas e os fetos, seus embriões, para os óvulos ou espermatozoides; no entanto, ainda não temos comprovações da ausência de riscos;

2) Entendemos que, neste momento, nossa atitude e zelo pela saúde humana vai além dos tratamentos da medicina reprodutiva. Consideramos que atitudes drásticas, mesmo que afetem a individualidade, devem ser tomadas para o bem comum.

3) A possibilidade de reduzir a velocidade com que o vírus se alastra está em nossas mãos. Seguir exatamente o que é orientado pelas autoridades de saúde é nosso dever como cidadãos.

4) Além dos cuidados com a saúde e higiene, o distanciamento social hoje se faz necessário como uma medida importante de prevenção.

Com isso, entendendo a seriedade da situação em nossa sociedade e zelando sempre pelo bem-estar e saúde de nossos colaboradores e pacientes e da sociedade como um todo, cancelaremos todos os tratamentos de reprodução assistida que se iniciariam nos próximos dias.

Conforme orientação das Sociedades Médicas, aos tratamentos de reprodução assistida já em andamento daremos continuidade, postergando apenas o momento da transferência por meio do congelamento de óvulos e embriões.

Nos casos de pacientes que precisarem de acompanhamento médico, mas que não estiverem em tratamento de reprodução assistida, faremos o acompanhamento e daremos todo o suporte necessário por meios digitais disponibilizados por nós e nos prepararemos JUNTOS para, assim que possível, reiniciarmos com força total!!!

Para aquelas que desejam iniciar o tratamento, recomendamos que aguardem o período de distanciamento social.

Pelo bem maior, sejamos todos responsáveis!

Agende sua consulta

Espermograma

O espermograma ou análise do sêmen é o exame mais importante para avaliar a capacidade reprodutiva do homem. O exame avalia condições do sêmen, desde seu aspecto até a quantidade e a qualidade dos espermatozoides do ponto de vista da motilidade e da morfologia.

O espermograma é um exame fundamental para a medicina reprodutiva e deve ser solicitado na investigação inicial de casais inférteis. Os resultados devem ser avaliados de acordo com os parâmetros preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A partir desses resultados, podemos estudar as possibilidades de tratamento ou a melhor técnica de reprodução assistida para aquele caso.

Também indicamos a realização do exame pós-vasectomia para verificar se o procedimento foi bem-sucedido.

Preparação

Geralmente, é aconselhável a obtenção de duas análises de sêmen antes que se ofereça uma opinião sobre a condição do paciente. Um período de abstinência de dois ou três dias deve ser respeitado, e o tempo de entrega do material ao laboratório não deve exceder 1 hora para que não se prejudique a análise da motilidade e da progressão anterógrada dos espermatozoides. Alterações no período de abstinência podem invalidar comparações entre as análises.

Preferencialmente, o ejaculado deve ser obtido na clínica por meio de masturbação e coletado em um recipiente de vidro ou de plástico especial com uma abertura ampla, que não aglutine os espermatozoides ou diminua sua motilidade e vitalidade. Vários lubrificantes e mesmo a presença de saliva podem prejudicar os parâmetros do sêmen e invalidar sua análise, portanto não podem ser utilizados durante a coleta.

As análises do sêmen seguem uma ordem. A primeira avalia seus aspectos físicos, que são macroscópicos: viscosidade; liquefação; volume; coloração; e pH, que indica a acidez do material. A segunda avalia aspectos microscópicos dos espermatozoides: concentração; motilidade total e progressiva; vitalidade; e morfologia. A última análise é da quantidade de leucócitos e de compostos no esperma.

Recomendamos a realização de duas coletas num prazo curto de tempo, entre 10 e 15 dias, o que permite a comparação de resultados e uma maior confiabilidade.

Resultados e interpretação

Os parâmetros de análise do espermograma que utilizamos para a interpretação dos resultados são os valores preconizados pela OMS. Os resultados do exame registram as características micro e macroscópicas do sêmen.

Aspectos macroscópicos do sêmen

  1. Cor e aspecto: considerada normal quando branco e opalescente;
  2. Tempo de liquefação: tempo decorrido até que a amostra se torne completamente líquida, que deve ser menor que 60 minutos;
  3. Volume total ejaculado: normal quando superior a 1,5 ml;
  4. Viscosidade: pode ser descrita como normal ou anormal e alterações nessas características apontam para disfunções das glândulas acessórias;
  5. pH: considerado normal quando maior ou igual a 7,2.

Aspectos microscópicos do sêmen

  1. Concentração de espermatozoides: normal quando igual ou superior a 15 milhões por ml;
  2. Número total de espermatozoides: normal quando igual ou superior a 39 milhões;
  3. Motilidade dos espermatozoides: de acordo com a motilidade, os espermatozoides podem ser divididos em: móveis e progressivos (PR), móveis e não progressivos (NP) e imóveis. Considera-se normal quando o PR é igual ou superior a 32%;
  4. Morfologia dos espermatozoides: Analisa-se a morfologia de Kruger. Os espermatozoides com a cabeça de formato oval e com a parte intermediária e cauda perfeitas são os que têm maior chance de fertilização. Pelo critério de Kruger, deve ser igual ou maior a 4%.
Compartilhar:
Última postagem do blog

O que é adenomiose e como pode afetar a fertilidade?

Adenomiose é uma doença que atinge mulheres e que se caracteriza pela presença de fragmentos (glândulas e estroma) do endométrio (camada interna do útero) no miométrio, que é a camada muscular intermediária do útero. Esse tecido endometrial no miométrio, durante […]

Leia mais
Agende sua
consulta

Verifique o horário disponível que melhor encaixa na sua agenda.