Agende sua consulta

Quais são os sintomas da endometriose?

O útero é um dos órgãos que compõem o sistema reprodutor feminino e exerce papel fundamental na fertilidade. Sua camada interna, o endométrio, é onde o embrião se implanta após a fecundação para que a gravidez tenha início. Diversas condições podem afetar o útero, como a endometriose.

Essa doença é uma das principais causas de hospitalização em países industrializados e acomete cerca de 70 milhões de mulheres ao redor do mundo. A dificuldade em seu diagnóstico dá-se por uma série de fatores ligados tanto aos diferentes tipos de endometriose quanto aos seus sintomas.

De caráter progressivo, ela pode gerar fortes impactos na vida das mulheres e afetar até mesmo o desenvolvimento de atividades rotineiras. Em 44% dos casos da doença, o diagnóstico ocorre em até cinco anos ou mais.

A endometriose é uma doença complexa. Se quiser saber mais sobre ela, continue a leitura!

O que é endometriose?

A endometriose é uma doença inflamatória crônica que afeta mulheres principalmente durante sua vida reprodutiva. Ela se caracteriza pela presença do tecido endometrial fora da cavidade uterina, o que induz uma reação inflamatória dos órgãos afetados.

Essa doença acomete de 10% a 15% das mulheres em idade fértil. O diagnóstico e tratamento da endometriose depende do local e da gravidade de manifestação da doença.

Tipos de endometriose

A endometriose é classificada de acordo com a gravidade e o local afetado pela presença do tecido endometrial. As lesões causadas pela doença podem sofrer variações em sua forma e coloração.

A endometriose superficial peritoneal tem como característica lesões rasas e menores na região pélvica, mais especificamente no peritônio, membrana que recobre os órgãos da pelve. Considerada o tipo mais leve de manifestação da doença, ela costuma atingir apenas órgãos do sistema reprodutor.

O endometrioma ou endometriose ovariana é o nome dado à presença do tecido endometrial nos ovários, levando à formação de cistos na região. Esses cistos se formam devido ao acúmulo de sangue proveniente de ciclos menstruais.

A manifestação mais séria da doença é classificada como endometriose infiltrativa profunda e ocorre quando o tecido endometrial é encontrado em outros órgãos que não compõem o sistema reprodutor. A infiltração da endometriose profunda é superior a 5 mm e geralmente apresenta diversos focos.

Sintomas da endometriose

Os sintomas da endometriose podem variar de intensidade. Há casos assintomáticos e casos incapacitantes, mas ambos não são tão comuns.

Um dos sintomas mais relatados por portadoras da doença é a cólica menstrual intensa. A dor pélvica acíclica também é um sintoma de endometriose. A diferença entre ambas está no fato de que a segunda não está relacionada ao ciclo menstrual, portanto não apresenta um padrão específico.

Dores durante as relações sexuais também são um dos sintomas relatados por pacientes acometidas pela endometriose. Tais dores causam a tensão involuntária dos músculos, que levam a uma rigidez muscular.

Alterações cíclicas no funcionamento da bexiga e dos intestinos também estão relacionadas à endometriose.

A infertilidade é outro sintoma que tem relação com essa condição, uma vez que a doença, a depender de sua gravidade e localização, pode prejudicar a concepção e o desenvolvimento da gravidez.

A intensidade dos sintomas tem relação direta tanto com o tamanho quanto com a localização dos focos de endometriose, bem como com o estágio de avanço da doença. Devido ao fato de alguns de seus sintomas poderem ser confundidos com os de outras doenças, o diagnóstico depende de uma investigação precisa.

Relação com a infertilidade e a reprodução assistida

Após a realização de exames e do diagnóstico da doença, o médico pode proceder a diferentes opções de tratamento, de acordo com as manifestações dos sintomas. Se não houver sintomas, a doença pode ser apenas monitorada. Caso contrário, deve ser tratada.

A escolha do tratamento também deve levar em consideração o desejo da mulher de ter filhos, pois a doença pode estar associada à infertilidade. Quanto antes a doença for detectada, mais eficiente será o seu tratamento.

Caso a paciente manifeste o desejo de ser mãe, pode ser indicada técnica de reprodução assistida, como a FIV (fertilização in vitro).

A endometriose é uma doença que acomete mulheres e que pode ser assintomática ou apresentar alguns sintomas que podem auxiliar em sua identificação e diagnóstico. Nos casos em que a doença aparece associada à infertilidade, é possível recorrer a técnicas de reprodução assistida caso a paciente manifeste o desejo de ser mãe.

Saiba mais sobre a endometriose em outro texto que elaboramos sobre esse importante assunto.

Compartilhar:
O que são PESA e MESA em FIV?
Deixe o seu comentário: