Agende sua consulta

Histeroscopia Cirúrgica

A videohisteroscopia é um procedimento no qual introduzimos um histeroscópio (instrumento fino, equipado com uma óptica conectada a uma câmera e monitor de vídeo) pela vagina, canal cervical e útero da paciente. Ele permite a visualização em tempo real do interior desses órgãos. Com isso é possível fazer o diagnóstico de lesões nessas estruturas, a realização de biópsias e intervenção cirúrgica (histeroscopia cirúrgica), quando indicada.

Dessa forma, didaticamente, o procedimento é dividido em histeroscopia diagnóstica (ambulatorial) e histeroscopia cirúrgica.

Histeroscopia diagnóstica (ambulatorial)

Pode ser realizada no consultório ou laboratório, sem necessidade de internação ou anestesia.

Para este procedimento é utilizado histeroscópio de pequeno calibre. Ele tem como principal objetivo a visualização interna da cavidade para diagnóstico de lesões e a realização de biópsias, quando necessárias. É possível ainda a realização de procedimentos mais simples, como retirada de pequenos pólipos e o tratamento de sinéquias uterinas.

É indicado para pacientes com história de infertilidade, abortamento de repetição, falhas de tratamentos de FIV, espessamento endometrial pós-menopausa, sangramento uterino anormal, suspeita de câncer de endométrio, entre outras.

O procedimento pode causar um leve desconforto, mas em geral dura poucos minutos.

Ele é contraindicado para gestantes ou mulheres com infecção vigente no trato genital.

Compartilhar:
Última postagem do blog

Hormônio antimülleriano: o que é e quando realizar o teste?

O hormônio antimülleriano é um marcador da reserva ovariana, usado para estimar a resposta ovariana da paciente e predizer sua fertilidade. A reserva ovariana é a quantidade de óvulos que a mulher tem para liberar durante os ciclos menstruais, portanto […]

Leia mais
Agende sua
consulta

Verifique o horário disponível que melhor encaixa na sua agenda.